________________________________________________________________________

10 de setembro de 2013

Trekking no Pico Caratuva (1.860 m s.n.m.) - Trilha para GPS

O pico Caratuva (ou Caratuba), com aproximadamente 1.860 metros de altitude (sobre o nível do mar - s.n.m.), é a segunda maior montanha do Sul do Brasil. A trilha para a montanha inicia-se na fazenda Pico Paraná, e tem uma extensão aproximada de 5.000 metros (5 km), com um desnível de cerca de 850 metros.

O pico Caratuva foi escalado pela primeira vez pelos irmãos Armstrong, alguns anos antes da expedição de conquista ao Pico Paraná (PP), que foi  liderada pelo engenheiro geólogo Dr. Reinhard Maack, em 1941, sendo que a trilha de subida do Caratuva foi usada como trajeto à escalada do PP.

Dados Geográficos:

Altitude aproximada (metros sobre o nível do mar): 1.860,00 m s.n.m.

Comprimento aproximado da trilha (metros): 5.000,00 metros

Desnível aproximado (metros): 850 metros

Municípios / UF: divisa entre os municípios de Antonina e Campina Grande do Sul, Paraná

Coordenadas:

Coordenadas Geográficas WGS84: 

25°14′ 26″ S; 48°49′ 41″ W; ou -25.240556; -48.828056.

Coordenadas UTM WGS84: 

Zona 22J, coordenadas 718.775 m; 7.206.647 m.

Imagens:

Do cume do Caratuva é possível ter uma visão magnífica de 360º da Serra do Ibitiraquire. Confiram as fotografias a seguir:

Fotografias e textos de Ceusnei Simão, setembro de 2013.

O editor do blog Ceusnei Simão no cume do Pico Caratuva, com o Pico Paraná ao fundo:



O conjunto Pico Paraná ou Ibiteruçú (da esquerda para a direita: Pico Ibitirati, Pico União, Pico Paraná e Morro dos Camelos):



O Pico Paraná (1.877,36 metros s.n.m.), visto do cume do Pico Caratuva:



Morro dos Camelos (à esquerda), vale do rio Cacatu (ao centro, com mar de nuvens), pico Ciririca (à direita) e Serra da Prata ao fundo:



Em primeiro plano, à esquerda, o Pico Guaricana, à direita o Pico Ferraria, e ao fundo a Serra do Capivari Grande, vistos do cume do pico Caratuva:



Em primeiro plano, à esquerda, o Pico Itapiroca, em segundo plano os Picos Tucum e Camapuã, ao fundo a Serra da Baitaca, com o Morro Anhangava:



À direita os Picos Taipabuçu e Ferraria, à esquerda os Picos Ferreiro e Guaricana, e ao fundo, à esquerda, a Serra do Capivari Grande. Em primeiro plano, à direita, a planta Caratuva, "Chusquea pinifolia", que forma um tapete homogêneo nas regiões altas da Serra do Mar:



Ao centro, em primeiro plano, o Pico Ferreiro, em segundo plano o pico Guaricana, e ao fundo a Serra do Capivari Grande:



O nome Caratuva (ou Caratuba)

O nome Caratuva tem origem no termo Caratuba, que em Tupi significa muito cará. A Caratuva, planta natural dos campos de altitude das regiões Sul e Sudeste do Brasil, nome científico "Chusquea pinifolia", é pertencente à família botânica Poaceae. Pela abundância da planta na região a montanha recebeu o seu nome, possivelmente por Reinhard Maack.

Como chegar:

Partindo da cidade de Curitiba pela rodovia BR-116 em direção ao estado de São Paulo, passa-se pelo posto de combustível ‘Tio Doca’, nas proximidades do quilômetro 47 da rodovia. Logo em seguida há uma ponte que passa sobre o rio Manuel José. Antes de chegar na segunda ponte, sobre o rio Tucum, mais à frente, há um acesso de estrada de terra à direita (observe placa indicativa do Pico Paraná). São aproximadamente 6 km de estrada de terra até chegar na "Fazenda Pico Paraná". 

Caminho de Curitiba até a estrada de terra (entra na estrada de terra à direita, 2 km depois do posto Tio Doca) - veja no Google Maps®:


Exibir mapa ampliado


Na "Fazenda Pico Paraná" há uma pequena infra-estrutura para atender os montanhistas que vão ao local. Deste ponto são aproximadamente três a quatro horas de caminhada até o cume.

A principal rota de ascensão parte da Fazenda Pico Paraná, por uma trilha a direita da estrada, logo que esta passa por um rio, e segue subindo o "Morro do Getúlio". A frente há a bifurcação para quem vai ao Itapiroca e ao Pico Paraná, pega-se a trilha a esquerda e logo a frente se atravessa um pequeno córrego, depois dele é muita subida atravessando primeiro a mata fechada depois os campos de caratuva até o topo.

Em seu topo está em funcionamento uma estação repetidora de radioamadorismo, a PY5CTV na frequência de 145,210MHz (off set -600KHz), de propriedade da ARPA - Associação de Radioamadores do Paraná (http://www.arpapr.org.br).

Na base da torre de instalação da antena da repetidora está fixado um tubo de PVC com tampa, em cujo conteúdo se guarda o livro de registros dos montanhistas.

Trilha para GPS e Google Earth:

1 - Trilha para GPS (formato GPX)

2 - Trilha para Google Earth® (formato KML)

Compartilhe:

Reações:

___________________________________________________________________________

Siga o blog no Google+

+

________________________________________________________________________